Falando em blues…

…aqui, três gravações da mesma música: a primeira, do autor, Robert Johnson, numa das duas míticas sessões de San Antônio; na gravação de Johnson, já estão todos os elementos fundamentais do arranjo que Eric Clapton irá desenvolver, ao gravar a canção em Me and Mr. Johnson, álbum inteiramente voltado à obra do autor. O arranjo de Clapton é reverencioso, e como que desdobra nos instrumentos o que estava implícito no violão. Já os Red Hot Chilli Peppers não se contentam com desenvolver; preferem subverter um pouco, e aproveitam a coincidência de nomes do grupo com a música para usá-la no fecho do álbum Blood Sugar Sex Magik. O que Clapton havia elaborado, eles distorcem, e se divertem um bocado. Divirta-se também.

They’re red hot – Robert Johnson

They’re red hot – Eric Clapton

They’re red hot – Red Hot Chili Peppers 

(Por motivos de direito autoral, o You Tube não aceitou estas gravações. Clique no nome dos artistas para assistir os vídeos no Yahoo).

P.S. Na verdade, chamar esta música de blues só porque é de Robert Johnson talvez seja um pouco ortodoxo demais. Quem ouvir a segunda parte com atenção, vai perceber facilmente de onde Elvis Presley tirou a introdução de Blue Suede Shoes.